DENUNCIE PASTORES E LIDERES
QUE NÃO TEM HONRADO 
O NOME DE CRISTO E DESSA CONVENÇÃO!




 ?

 
 
 
Conhecendo alguns artigos do nosso Estatuto


           

Parágrafo único: A CONBCD é uma Convenção de caráter Interdenominacional, Podendo filia-se Ministros evangélicos que exerça funções Eclesiástica tais como: Cooperador(a), Diácono/Diaconisa, Missionário/Missionária, Presbítero, evangelista, Pastor/Pastora e Bispos de qualquer denominação eclesiástica, através de filiação direta à sede nacional, através de preenchimento de fichas/cadastro de adesão/filiação/inscrições feita em nosso site oficial, que só serão aceitas após devida averiguação e aprovação ou diretamente através das Direções Regionais/Estaduais, pelos núcleos, secretarias, igrejas, representantes autorizados e credenciados, que ao receberem e filiarem o novo membro convencionado, imediatamente remeterão sua ficha à Direção Geral Nacional, observando o disposto no art. 12º desde estatuto. 


Art. 9° A CONBCD/CASA DE DEUS,  se relaciona  com as demais Igrejas filiada/coligada, obrigando-se ao respeito mútuo, ao amor, companherismos, a união e a ajuda mútua.

 

§ 1º – Todos os membros: Bispos, Pastores, Evangelistas, Presbíteros, Missionários e Diáconos da CONBCD/CASA DE DEUS e igrejas coligadas, reunir-se-ão em Convenção, Congresso, e Outros eventos que requeira a presença dos santos.

 

§ 5o – tanto a CONBCD/CASA DE DEUS quanto às igrejas filiadas/coligadas, manterá fraternal relação de tolerância e respeito mútuos, para com as demais Igrejas Cristãs;

 

 

Dos Requisitos para a Admissão de membro

 

Art. 12° A admissão ao quadro de membros da CONBCD/CASA DE DEUS, far-se-á, obedecidos os requisitos deste estatuto, mediante conhecimento prévio das atividades e objetivos da CONBCD/CASA DE DEUS e seus pertinentes segmentos. Necessário que os novos membros creiam:

I — na Bíblia Sagrada, como única regra infalível de fé normativa para a vida e o caráter cristão;

II— em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo;

III - na liturgia da CONBCD/CASA DE DEUS, em suas diversas for­mas e práticas, suas normas doutrinárias e captação de recursos.

IV – regeitando toda e qualquer pratica ereticas.

 

Art. 13º – CONBCD/CASA DE DEUS, é uma convenção de caráter interdenominacional receberá ainda seus novos filiados obreiros, pastores e bispos de qualquer denominação eclesiástica, através de filiação direta à sede nacional, através de preenchimento de fichas/cadastro de adesão/filiação/inscrições feita em nosso site oficial, que só serão aceitas após devida averiguação e aprovação ou diretamente através das Direções Regionais/Estaduais, pelos núcleos, secretarias, igrejas, representantes autorizados e credenciados, que ao receberem e filiarem o novo membro convencionado, imediatamente remeterão sua ficha à Direção Geral Nacional, observando o disposto no art. 12º desde estatuto.

 

Art. 14°. A CONBCD/CASA DE DEUS, terá número ilimitado de mem­bros, os quais são admitidos na qualidade de membros filiados/coligados, sem discrimina­ção de sexo, nacionalidade, placa denominacional, cor, condição social ou política, desde que aceitem voluntariamente as normas estabelicidas pela CONBCD/CASA DE DEUS, com bom testemunho público, batismo em águas por imersão, tendo a Bí­blia Sagrada como única regra infalível de fé normativa para a vida e formação cristã, sendo submisso/obidiente aos seus superiores como convem aos santos, conforme está escrito em Rom. 13.1,2, e não aderente a nenhuma pratica de heresias. II Ped. 2.1, Gal. 18-26.

Art. 15º. São direitos dos membros/filiados:

I — receber orientação ministerial e assistência espiritual;

II - os convencionais da CONBCD/CASA DE DEUS, em dia com suas mensalidades/anuidades e Convenções Estaduais ou Regionais, receberão a cada  (12) meses, novas credenciais, documentação que lhes auxiliarão no desempenho do seu ministério, credencial de obreiro/ministro, carta de apresentação, recomendação diploma de filiação e  diploma de consagração, autorização, Atas e outras documentaçãoes necessarias para o exercio do ministério,  quando for o caso;

III — participar das reuniões/cultos/congressos e demais atividades de­senvolvidas pela

CONBCD/CASA DE DEUS;

IV – Casar-se em um dos templos das Casas de Deus, não sendo cobrado nem um tipo de ônus

pela realização da serimonia;

— ter acesso às Assembléias Gerais Ordinárias ou Extraordinárias, atendido o

Disposto nos incisos III e IV do art. 16.º deste Estatuto;

VI — votar e  ser votado,  nomeado e credenciado, nas condições previstas

neste Estatuto;

VII - ser convocado e nomeado pelo Bispo Presidente para ocupar cargo de confiança na

CONBCD/CASA DE DEUS, IGREJA;

VIII - ser designado pelo Bispo Presidente para representar a CONBCD/CASA DE

DEUS, igreja, onde se fizer necessário;

IX - divulgar a Palavra de Deus e a redenção  em Jesus Cristo;

X - contribuir com idéias e propostas, nos projetos de expansão da CONBCD/CASA DE

DEUS IGREJA;

XI - freqüentar as Igrejas de Campo e as Congregações;

XII - solicitar seu desligamento do rol de membros a qualquer época;

XIII - mudar de sua Convenção Estadual ou Regional para uma congênere, na forma

do estabelecido na de origem, a qual comunicará aCONBCD/CASA DE DEUS;

XIV - pedir o seu desligamento, com a anuência da Convenção Estadual ou Regional

de origem, com a obrigatória devolução da credencial e a quitação de eventuais

débitos na tesouraria da CONBCD/CASA DE DEUS.

 

§1. Os Convencionais que não atenderem as condições dos incisos II, III, não terão suas credenciais renovadas.

Art. 16°. São deveres dos membros/filiados:

I — cumprir o disposto no presente estatuto, o regimento interno, as Resoluções  Episcopal, as das Assembleias Gerais e da mesa diretora da CONBCD/CASA DE DEUS, SEDE ADMINISTRATIVA GERAL;

III - contribuir pontual e regularmente com suas mensalidades e ou anuidades;

VII — contribuir, voluntariamente, com seusdízimos e/ou dizimos dos dizimos, ofertas, mesalidades/anuidades, inclusive com bens materiais em moeda corrente ou espécie, para as despesas gerais da  CONBCD/CASA DE DEUS, manutenção episcopal, pastoral, atendimentos sociais, socorro aos comprovadamente necessitados, obras missionárias, missionários abilitados em missão, eventos, festividades diversas, propagação do Evangelho, empregados a serviço da CONBCD/CASA DE DEUS e aquisição de patrimônio e sua conservação;

VIII — comparecer às assembléias, quando convocados;

IX — zelar pelo patrimônio moral e material da CONBCD/CASA DE DEUS;  

X — prestigiar a CONBCD/CASA DE DEUS, contribuindo voluntariamente com serviços para a execução de suas atividades espirituais seculares;

XI — rejeitar pratica hereticas, movimentos ecumênicos discrepantes dos princípios bíblicos adotados pela CONBCD/CASA DE DEUS, igreja de Jesus Cristo;

XII – viver uma vida exemplar, como convem aos santos em Cristo Jesus;

 Art. 19. Perderá sua condição de membro, inclusive seus cargos e funções, se pertencente à Diretoria ou ao Ministério, aquele que:

I — solicitar seu desligamento ou transferência para outra convenção;

II — abandonar a CONBCD/CASA DE DEUS, igreja, deixando de freqüentá-la, e manter contato por tempo superior a 90 (noventa) dias, injustamente, principalmente se pertencente à diretoria, ou exerça cargos e funções ministeriais;

III— não pautar sua vida conforme os preceitos bíblicos, negando os requisitos preliminares de que trata o art. 17°, incisos I, II, III e IX;

IV— não cumprir seus deveres expressos neste estatuto e as determinações da administração geral;

V — promover dissidência manifesta ou se rebelar contra a autoridade da CONBCD/CASA DE DEUS, igreja, Ministério e das assembléias;

VI— vier a falecer.

VII – não viver de acordo com as doutrinas da Bíblia Sagrada, praticando: o adultério Ex.20.14, a fornicação Ex.20.14, a prostituição Ex.20.14, Rom. 1.25-30, relação sexual com animais Lv.18.23,24, rebelião I – Sm.15.23 a pratica de feitiçaria Ap.22.15, Gl.5.19.

VIII — for condenado pela prática de crime doloso, cuja pena de reclusão seja superior a quatro anos, com trânsito em julgado na Justiça comum.

 Dos Recursos, Aplicações e Patrimônio

Art. 26. Os recursos serão obtidos através de ofer­tas, dízimos e doações de quaisquer pessoas, físicas ou jurídicas, que se proponham a contribuir, e ou­tros meios lícitos;

Art. 27 - contribuições das Convenções Estaduais ou Regionais, Igrejas, dízimos dos dízimos, mensalidades, anuidades dos ministros e outras, taxa de filiações e  renovações anuais, ofertas e doações;  

Art. 30.  A CONBCD/CASA DE DEUS,  não se apropriará  de propriedades  pertencentes  às  Igrejas    ou  Ministros filiados/coligados, sem consentimento de seus dirigentes, podendo, porém, receber alguma propriedade (Bens móveis ou imóveis), se o responsável pelo patrimônio da entidade filiada/coligada, de livre espontânea vontade, doar ou vender o mesmo à CONBCD/CASA DE DEUS;

 

Art. 56. Todos os ministros e obreiros portarão documentos de identificação religiosa e convencional (carteiras (credenciais), cartas, diplomas, etc.), devidamente emitidos e reconhecidos pela Administração Geral e seus órgãos autorizados.

Parágrafo único: Todos os membros, filiados/convencionados terão suas fichas em poder da Direção das sedes Municipais, Estaduais, e também estarão obrigatoriamente em posse da Direção Geral, na Sede Nacional.

 

Dos órgãos Departamentos e Secretárias

 

Art. 61 - A CONBCD/CASA DE DEUS possui um Departamento de Educação Religiosa e de Educação Teológica, responsável pela Formação Teológica e/ou Religiosa de seus  membros convencionados e de alunos oriundos de Ministérios ou órgãos similares diversos.

Art. 62 - O Departamento de Educação Religiosa da CONBCD/CASA DE DEUS funciona promovendo Cursos Teológicos, instituindo seminários e centros de ensino Teológico, que  poderão funcionar em Igrejas filiadas à Convenção, em locais designados para funcionamento de seus  seminários, institutos Bíblicos, centros de educação religiosa e de ensino Teológico, Escolas de Teologia, Faculdades Teológicas, cursos Teológicos ao vivo e à distancia (por correspondência ou via internet), que serão para benefícios dos membros da CONBCD/CASA DE DEUS e de alunos não membros pertencentes a qualquer denominação evangélica.

Art. 63 - A CONBCD/CASA DE DEUS, através de seu Departamento de Educação Religiosa e Teológica, possui os seguintes órgãos de formação Teológica: STNI-CONBCD – Seminário Teológico Nacional e Internacional da Convenção Batista das Casas de Deus.

Art. 65 - Os cursos teológicos mantidos pela CONBCD/CASA DE DEUS, fornecem ao termino de cada curso, o diploma/certificado de conclusão.


 

Principais Atividades

 

Art.10º. A CONBCD/CASA DE DEUS desenvolve suas atividades em todo território nacional e cumpre suas principais finalidades que são:

I - manter e zelar pelo seu patrimônio; 
II - promover a união e o intercâmbio de todos os membros/filiados das Casas de Deus e igrejas coligadas;

III – ordenar e consagrar novos obreiros e ministros vocacionados e chamadas por Deus para o serviço do reino
IV - atuar no sentido da manutenção dos princípios morais e espirituais das Casas de Deus e igrejas coligadas; 
V - zelar pela observância da doutrina bíblica, incrementando estudos bíblicos e outros eventos; 
VI - manter o controle de seus órgãos e das demais pessoas jurídicas existentes ou que venham a existir, quando necessário, propugnando pelo desenvolvimento dos mesmos; 
VII - promover e incentivar a proclamação do evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, através da obra missionária; 
VIII – promover o desenvolvimento espiritual e cultural das Casas de Deus, mantendo a unidade doutrinária; 
IX - promover a educação em todos os seus níveis e a assistência filantrópica; 
X - credenciar os obreiros e ministros das Casas de Deus e igrejas coligadas, exercendo ação disciplinar sobre os mesmos, conforme normas estabelecidas neste Estatuto e Regimento Interno; 
XI - orientar a prática da cidadania dos seus membros; 
XII - reconhecer e inscrever as Convenções Regionais, Estaduais e outros orgãos da mesma fé e ordem;

XIII - mantendo estabelecimento de ensino de educação infantil, ensino fundamental e ensino médio, cursos teológicos em todos os níveis, creches, centros de promoção de crianças, adolescente e abrigos; 
XIV - mantendo cursos de treinamento profissional, inclusive para adultos;
XV - assistindo à velhice, através de clubes e/ou lares de idosos;
XVI - prestando apoio ao excepcional através de educação especial, inclusive mantendo lares para esse fim;
XVII - podendo firmar contratos de prestação de serviços com entidades congêneres ou governamentais com vistas à promoção humana;
XVIII - desenvolvendo ações que visem a promoção da integração ao mercado de trabalho de jovens e pessoas carentes (Art. 203, III, da CF e Art. 2º da LOAS)
XIX - Formar e manter equipes esportivas para a prática de esportes coletivos e individuais;

XX – Formar e manter comissões que atuará na defesa dos direitos da pessoa humana;
XXI - Promover grupos, atividades e eventos culturais com vistas à promoção humana.

Art. 11°. A CONBCD/Casa de Deus, enquanto ente associativo exerce as seguintes atividades:

I — pregar o Evangelho, discípular e batizar os novos membros-convertidos, como tambem prepará para a obra do ministério, todos quantos são chamados para esse fim;

II — através dos seus membros, primar pela manutenção da CONBCD / CASA DE DEUS, seus cursos educacionais, teologicos, culturais e assistenciais de cunho filantrópicos;

III – desenvolver projetos de ação social e cidadania para a comunidade, prestando diversos serviços gratuitos.

III - promover escolas bíblicas, seminários, congressos, palestra de direitos humanos, simpósios, cruzadas evangelísticas, encontros para casais, jovens, adolescentes, crianças, evangelismo pessoal e outras atividades espirituais.

IV – fundar instituições educacionais, assistêncial e cultural sem fins economico.


Art. 92 - A CONBCD realiza convenções gerais, convenções estaduais, reuniões administrativas, congressos, festas de formatura dos seminários e cursos teológicos da Convenção, cerimônias de consagrações de ministros e obreiros, festas e solenidades em geral, tendo os convencionados, o compromisso de comparecer às cerimônias oficiais que forem efetuadas em caráter de presença geral obrigatória, conforme determinação da administração geral.


 


CONBCD FAZENDO 
MISSÃO NO BRASIL
E NO MUNDO.
 
CONTRIBUAM COM OS NOSSOS
TRABALHOS SOCIAIS
 
 

DISK 100